MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE MARY´S MÓVEIS

PUBLICIDADE MARY´S MÓVEIS

quinta-feira, 30 de março de 2017

PM DE TIMBIRAS PRENDE DUPLA QUE PRATICAVA ASSALTOS EM TIMBIRAS.


Dupla de assaltantes presos pela PM de azul o Ivanilson e o outro o Francisco

Ocorrência: 29/03

CPA-1/4 17BPM/3Pel Timbiras.

TCel Jurandi

Guarnição.
Sgt Medeiros
Sgt Félix
Sd  Marco Aurélio
Sd  Herbert

Conduzidos

Ivanilson Gomes da Costa 28 anos,  residente na rua da paz n 1314 bairro São Raimundo. Codo/Ma

Francisco das Chagas Silva Junior 19 anos, residente na rua da paz n 1314 bairro São Raimundo. Codo/Ma

Materiais Apreendidos. 

Uma moto fan de cor vermelha sem placa e uma carteira porta cédula com documentos pessoais e uma quantia de 12,00R$ (doze reais)

Ocorrência: Porte de arma de Fogo e suspeitos de prática de assaltos.

Relatório:

Por volta das 20:30hs a guarnição de serviço recebeu uma denúncia que havia dois elementos em uma moto vermelha circulando pelo centro da cidade de Timbiras em atitude suspeita onde foi feita diligência sendo visualizados os elementos indo em direção ao banco do Brasil onde foi feito um acompanhamento, e ao chegar próximo a rodoviária os mesmos tombaram com o veículo caindo ao solo onde a guarnição conseguiu fazer a abordagem e com os mesmos foi encontrado uma arma de fogo modelo artesanal "guarrucha". 

Os mesmos foram encaminhados para a delegacia de polícia civil. Sendo que os conduzidos foram reconhecidos por vítimas de assaltos praticados pelos mesmos tanto na cidade quanto na Ma 026 entre Timbiras e Codo.



quarta-feira, 29 de março de 2017

Em Operação a Policia Civil apreendeu dez motos suspeitas de roubo na Zona Rural de Timbiras.

(10) Dez motos apreendidas na Zona Rural de Timbiras
Ainda era madrugada quando a policia civil de Timbiras com o apoio da 4ª Delegacia Regional de Codó, deflagrou por volta das 04:00h da manhã desta quarta-feira (29), uma mega Operação na zona rural do município.

Na ocasião o Delegado Drº Gilvan Lucas e sua equipe conseguiu apreender (10) dez motocicletas de vários modelos como Broz, Pop e Titan.

Em entrevista a nossa equipe de reportagem, Drº Gilvan Lucas relatou que dentre as consultas até o momento, (05) cinco veículos apresentaram restrição de roubo/furto. Entre as dez motos apenas duas estavam com placas do Estado de São Paulo, e a maioria sem placas e sem documentos, o Delegado disse que essas pessoas serão autuadas por receptação dolosa ou então se ele adquiriu a moto e não sabia das procedência do veiculo, ele poderá responder por receptação culposa, ressaltou o delegado.

Delegado de Timbiras Drº Gilvan Lucas




Valéria Macedo solicita Hospital Geral para a PM em SL e um Centro Avançado de Saúde em ITZ

Assecom/ Dep. Valéria Macedo

Na sessão desta quarta-feira (29), a deputada Valéria Macedo (PDT) usou a tribuna da Assembleia para tratar de duas proposições que fez nos últimos dias na Casa.  Em síntese, a parlamentar quer que o Governador Flávio Dino, o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula, o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, e o secretário de Estado de Segurança Jefferson Portela, envidem esforços para construir e equipar com recursos humanos e materiais um Hospital Geral para a Polícia Militar em São Luís e, ainda, um Centro Integrado de Assistência Médica e Social em Imperatriz.

A deputada entende que as duas obras e os serviços de saúde são necessários para a Polícia porque o exercício da atividade dos policiais é de alto risco e que o fazem em defesa da sociedade.


A proposta é levar o serviço de saúde para todos os militares ativos, inativos e dependentes. “A atividade policial nós sabemos que é de altíssimo risco para eles próprios que trabalham no fronte da segurança pública. O Hospital Geral para a Polícia Militar será destinado ao atendimento médico, psicológico, psiquiátrico, odontológico dos policiais militares visando assegurar a integridade plena da saúde física e psicológica dos policiais e demais servidores”, destacou.

A ideia é ofertar serviços de urgência e emergência, UTI, além de outros tipos de atendimentos médicos com várias especialidades com o serviço ambulatorial, laboratório de análises clínicas, fisioterapia, centro cirúrgico básico, serviço de enfermagem. A deputada relatou a precariedade na saúde pública e a necessidade de um serviço para o policial, diante do trabalho que exerce.

“Um policial que está em combate vai entrar em uma fila comum da regulação, como é que pode se a vida dele, cotidianamente, é estar no combate, é estar em risco? Se ele sofre um tiro ou uma facada durante seu trabalho, hoje ele terá que entrar na fila de espera da UTI do estado, como todos nós civis. É claro que todos nós temos o mesmo direito constitucional, mas como disse o risco de lesão física dos policiais é maior, então ele deveria ter um local específico, uma UTI acessível para ele ser atendido com mais rapidez, dadas as especificidades de sua carreira”, reiterou.

A deputada ressaltou que o hospital é necessário por conta do risco e quadro de efetivos da Polícia no Maranhão já exige, pois, o projeto visa atender todos os membros da corporação militar ativos, inativos e os seus dependentes, estimados aqui no Maranhão numa população média de 20 mil pessoas, segundo cálculos da própria corporação. Somente policiais na ativa já chegam cerca de 10 mil profissionais. O hospital é realidade em outros estados como Pará, Piauí, Ceará, São Paulo e outros.

Reunião no Comando Geral da PM

A deputada Valéria Macedo contou sobre a reunião que teve com o Comandante Geral da Polícia Militar, Frederico Pereira, o diretor de saúde da Polícia Miliar o coronel Alberto Nasser, tenente coronel doutor Odilon Mariz e a tenente coronel doutora Solange Frazão. Segundo a parlamentar, o principal objetivo deste encontro foi a ampliação da rede de saúde da polícia com a construção do hospital. 

“Visitei a estrutura aqui em São Luís e me pareceu aquém do que a categoria necessita e merece. Penso que é indispensável que o estado invista mais recursos neste setor”, disse.  

Atualmente existe o Centro Integrado de Assistência Médica e Social da Polícia Militar, que dispõe de alguns serviços com o consultório odontológico, médico, psiquiátrico e psicológico. Mas é necessário a ampliação dessa estrutura na saúde.

O Comandante Geral da PM, Frederico Pereira afirmou que já existiu esse hospital destinado para a Polícia Militar, mas que foi extinto. “A preocupação nossa através da diretoria de saúde da Polícia Militar é que ampliemos o quadro de saúde da polícia, para que o policial e seus familiares possam ser melhores assistidos. Hoje temos um núcleo de saúde da polícia, mas que necessita de uma ampliação. A deputada Valéria que é da área da Saúde, em contato com Nasser está encabeçando uma campanha para retornarmos com o hospital da Polícia. Ela vai defender essa bandeira nos auxiliando para retornar com esse serviço”, ressaltou Frederico Pereira.

Na reunião, também foi abordado sobre o concurso que está sendo elaborado para o quadro de oficiais de Saúde da Polícia Militar no Maranhão, com demandas para 32 vagas para médicos, 24 dentistas, 11 psicólogos e 10 veterinários, concurso este que a deputada vem defendendo desde 2011, quando chegou pela primeira vez na Assembleia, a parlamentar pede inclusive, que seja acrescentado vagas para enfermeiros no planejamento.

“O concurso em andamento para o serviço militar é uma iniciativa muito importante do Governador Flávio Dino e do Secretário Jeferson Portela, nós temos defendido isso a cada nova ação na assembleia, e inclusive defendo um concurso amplo na área da saúde” disse.

Outra viabilidade para a existência do hospital, é um terreno disponível para a construção do prédio hospitalar, o qual já existe no próprio Comando Geral da Polícia Militar no retorno do Calhau.    
O diretor de saúde da Polícia Militar, coronel Alberto Nasser falou da receptividade da deputada com a construção deste hospital. “A deputada Valéria Macedo está mostrando extremamente receptiva, amadurecemos esta ideia ao conhecimento político. Ela acolheu este projeto. É um embrião que nasce e queremos levar para frente, porque é importante para a saúde da nossa corporação e este apoio é fundamental”, relatou.

A outra indicação proposta foi a construção de um Centro Integrado de Assistência Médica da Região Tocantina, a ser construído no 3.º Batalhão da Polícia Militar em Imperatriz para atender os policiais militares ativos, inativos e dependentes das regiões Tocantina, Sul e Centro do Maranhão.

“Imperatriz é a principal cidade da Região Tocantina e tem todas as condições de receber um Centro Integrado para atender os policiais militares das regiões Tocantina, Centro e sul do estado. Até a média complexidade acho que pode fazer no Centro em Imperatriz, sendo que os procedimentos de alta complexidade ficariam para o Hospital Geral em Imperatriz”.

Poucos gestores prestaram contas ao TCE até o momento

A cinco dias do término do prazo para a entrega das prestações de contas relativas ao exercício de 2016, o TCE está registrando um dos mais baixos números de comparecimento dos últimos anos. Até o fechamento desta matéria foi registrada a entrega de somente doze (12) prestações de contas de prefeituras municipais e trinta e três (33) prestações de contas de câmaras municipais.

A possibilidade de um índice tão alto de inadimplência inverte uma tendência que vinha se verificando continuamente, levando o Tribunal a trabalhar com foco na inadimplência zero. Nem mesmo a adoção da entrega das contas em meio digital, há seis anos, foi capaz de reverter a tendência de queda na inadimplência.

Mesmo assim, o fenômeno não surpreende os auditores do TCE, para quem o baixo comparecimento registrado até o momento tem mais a ver com o quadro político resultante das eleições municipais do ano passado. “Mais de sessenta prefeitos não se reelegeram nem conseguiram eleger seus sucessores, o que historicamente se reflete em um alto índice de inadimplência junto ao TCE”, explica o auditor Fábio Alex Rezende de Melo, coordenador do processo de recebimento das contas.

A partir deste ano, o TCE adotou um conjunto de medidas que altera a forma de entrega das prestações de contas. Pelas novas regras, as prestações de contas deixaram de ser entregues digitalizadas para serem enviadas eletronicamente ao TCE, por meio de ferramentas disponibilizadas pela instituição.

Sem nenhuma alteração no que diz respeito ao conteúdo das informações, que continua o mesmo, a mudança foi considerada um dos saltos de qualidade mais importantes do processo de aperfeiçoamento do TCE maranhense, influenciando positivamente na agilidade do processamento e julgamento das contas.

No início do ano, os gestores foram informados da modificação e puderam participar de seminários realizados em São Luís e em Imperatriz nos quais tiraram suas dúvidas e conheceram em detalhes os novos parâmetros. “Na realidade, sistemas como Sacop, SAE e Finger já eram usados rotineiramente para envio de dados ao TCE, apenas o Tribunal está fiscalizando, de maneira mais precisa, essas obrigações no ato de entrega das prestações de contas.”

SANÇÕES – No caso dos prefeitos municipais, deixar de prestar contas pode resultar até mesmo em intervenção no município, como prevê a Constituição Estadual. O prefeito inadimplente comete crime de responsabilidade sujeito a julgamento pelo judiciário estadual. A condenação acarreta a perda do cargo e a inabilitação, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública.

No caso dos presidentes de câmaras, deixar de prestar contas constitui crime de improbidade administrativa, também de acordo com a Constituição Estadual. Independentemente das sanções penais, civis e administrativas previstas, o presidente da câmara está sujeito às seguintes penalidades: ressarcimento integral do dano, se houver, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente.

O TCE fará plantão neste sábado e domingo, das 08h às 14h, diante da possibilidade da demanda se concentrar nos últimos dias, a exemplo do que já ocorreu em anos anteriores.

Fonte: TCE/MA

Weverton Rocha vira réu no STF por peculato e violação à Lei de Licitações

Por Luis Pablo

Deputado Weverton Rocha

O deputado federal Weverton Roch (PDT) tornou-se réu no STF pelos crimes de peculato e violação à Lei de Licitações, nesta terça-feira (28). A denúncia feita pelo Ministério Público Federal(MPF) foi aceita, nesta terça-feira (28).

Segundo o MPF, enquanto ocupou o cargo de secretário de Esporte e Juventude do Maranhão, em 2009, o parlamentar cometeu irregularidades ao contratar um empreiteira e na dispensa de licitação para a reforma do ginásio Costa Rodrigues, em São Luís.

No caso da dispensa de licitação, o Ministério Público diz que o contrato que inicialmente custou R$ 1.988.497,34 passou, após aditivo, para R$ 3.397.944,90 do valor contratado.

Sobre a irregularidade da contratação da empresa, que começou a ser investigada ainda pelo pelo Ministério Público do Maranhão e passou ao Supremo depois que Weverton virou deputado federal, ocorreu fraude no procedimento administrativo.

Para os procuradores da República, existiram descuidos, omissões e condutas irregulares por parte de Weverton na contratação da empresa Maresia Construtora Ltda.

Em tempo:Caso seja condenado dos crimes pelo STF, Weverton já pode descartar sua candidatura a uma cadeira no senado em 2018.

VEM AI NESTA SEGUNDA-FEIRA (03/04) A MEGA INAUGURAÇÃO DA CASA DA RAÇÃO



Vem ai a grande inauguração da CASA DA RAÇÃO em Timbiras, vai ser nesta segunda-feira dia 03 de abril a partir das 8:00h da manhã.

Na Casa da Ração você vai encontrar todo tipo de rações como: Rações para Peixes, Suínos, Bovinos, Cachorros, Gatos, Pássaros e outros.

Temos Milho inteiro e quebrado, farelo de trigo e muito mais.

Então cliente amigo venha para a nossa inauguração, é nesta segunda-feira (03/04), em frente ao Posto Pré-sal na Rua Eduardo Lindoso, centro de Timbiras.

Telefone para contato (99) 98234 – 9703, falar com o nosso gerente Valdeci.

CASA DA RAÇÃO A CASA DO HOMEM DO CAMPO

Vereador Miltinho faz pedido para a melhoria da estrada vicinal que liga as Sete Casas ao povoado Beija Flor.

Na sessão da segunda-feira (20/03) realizada no prédio legislativo Rubens Almeida, o edil usou o plenário para defender suas matérias sobre projetos para o bairro de São Sebastião.

Milton Rodrigues Moraes Filho o popular Miltinho do (PSB), fez os seguintes pedidos na ultima sessão:

PEDIDOS:

Manutenção da estrada que liga as Sete Casas até o povoado Beija Flor.

Reparos e a limpeza do campo Beira Rio e suas imediações.

Juntos Seremos Fortes.

ASSCOM/VEREADOR


Pages