MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
PUBLICIDADE

timbiras da sorte

timbiras da sorte
TIMBIRAS DA SORTE

segunda-feira, 17 de abril de 2017

EMPRESA INVESTIGADA NO CEARÁ GANHA CONTRATO MILIONÁRIO NA PREFEITURA DE TIMBIRAS

Acusado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ceará de integrar um “Cartel” que atuava fraudando licitações de prefeituras do Piauí, Ceará e Maranhão, o proprietário da F.Z. Construções e Serviços, Francisco Zerbini Dourado Gomes, já ganhou contratos milionários nas cidades de Grajaú e Timbiras, em 2017.

O primeiro foi firmado em janeiro de 2017 pela Prefeitura de Timbiras no valor de R$ 1.680.000 milhão e o segundo foi celebrado no dia 17 de março em Grajaú, cujo montante é de R$ 2.989.950,00 milhão. Ambos são para executar serviço de limpeza pública. Se somados, os valores chegam a R$ 4.669.950 milhões.

Francisco Zerbini já está acostumado a faturar acordos contratuais milionários no Maranhão. No período de 2013 a 2016, diversas prefeituras o contrataram para executar a atividade citada acima (saiba mais).

Um contrato que se destacou e teve grande repercussão foi o de Buriticupu, no qual foi orçado em R$ 7,2 milhões. O acordo foi celebrado em março de 2013, 6 meses após a abertura da empresa, que aconteceu em setembro de 2012.

À época cogitou-se que o contrato era apenas para desviar dinheiro público, pois a F.Z tinha apenas 6 meses de existência e conseguiu vencer uma licitação milionária. Além disso, a sua atividade empresarial deixava muitas dúvidas, pois ao mesmo tempo em que a F.Z Construções e Serviços é uma empresa individual, ela também é uma construtora de grande porte que tem como atividade principal a construção de edifícios e entre outras atividades estão perfuração de poços, obras de urbanização, transporte escolar, obras de terraplenagem e até construção de estradas e ferrovias.

Outro ponto que chamava a atenção é a localização da empresa. Segundo o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, a F.Z Construções e Serviços Eireli ME tinha sede no município de Frecheirinha- CE, cidade de pouco mais de 15mil habitantes. Que depois foi mudada para o município de Tianguá, conforme documento abaixo.

Ao que parece, o empresário cearense “fincou raízes” de vez no Maranhão, afinal achou a sua mina de ouro.

ENTENDA O CASO

Na última sexta-feira (7), foi deflagrada a operação Escamoteamento pelo GAECO e pela Polícia Rodoviária Federal, que tinha com objetivo desarticular um esquema que era integrado por 16 empresas que fraudavam licitações nas Prefeituras do Maranhão, Piauí e Ceará. O “Cartel” contava com o suporte além dos seus funcionários, como servidores da prefeitura, e 35 pessoas sob suspeitas de serem ‘laranjas’. As empresas prestavam serviços de construção, aluguel de carros, fornecimento de materiais de expediente, limpeza pública.

Na ocasião, foram presas 8 pessoas, inclusive Ana Carolina Portela Silva, 25 anos, que era uma operadora do esquema e responsável financeira pelas empresas Imediata Construções, Vicosel Locações, Premium Construções, F.Z Construções e L.J Serviços, e em uma das transações chegou a realizar saque referente a empresa Imediata, acima de R$ 2 milhões.

Os desvios, segundo dados, ocorreram nos anos de 2013 a 2015, gerando movimentações de aproximadamente R$ 200 milhões. Foram presos, também, Carlos Kenede Fortuna de Araújo, Denis Fontenele dos Santos, Fernando Cícero Moreira Fernandes, Francisco Alílio Gomes Mendes,Jansem Nunes, Lucas Menezes de Oliveira, Wladis Bezerra Jerônimo.

Encontram-se foragidos, Francisco Zerbini Dourado, Joaquim Viana de Arruda Neto, José Dias Monteiro, Lenadro Gomes Batista, Rodrigo Fortuna de Araújo.

Francisco
grajaú3-2
grajaú8-2
Doc-22-e1366224769320

Fonte: Neto Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages