MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
PUBLICIDADE

COIFEODONTO

COIFEODONTO
TIMBIRAS DA SORTE

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Por Professor Osmael Monteiro "Pequenas Crônicas"


No peito cravada
Uma flecha certeira do destino
Timbiras ainda arqueiro - menino
Acariciava o vento Leste dos Cocais:
Amor à primeira vista
Paixão fatal...
 
Sementes indígenas plantadas aqui
(Tá na menina dos olhos )
Sangue quente dos Trópicos
Guerreiros kaapor- cipó
Homem aranha
Super -X- Men... Magneto, doce imã, 
Vulcão do mundo
Timbiras...Meus sonhos passam por aqui...

Em plena madrugada( rio a baixo)
Navego em doces nuvens de
Pensamentos
Algodão doce - momento
E entre meus dedos sozinhos
Desdenho daqueles primeiros Urubus
A saborear nosso céu límpido
Azul, Lindo, Azul da cor do mar... Maranhão...

Amarrado ?
Emaranhado? 
De tranças! (Índias - doces mulatas- morenas)
De corda a cordel!
De repente,
Um Coração...
Meu troféu...
Rasputin!Rabunzel....
Timbiras meu Pre -tão
Meu Torrão
Carrossel de poetas
Desenhando teus cabelos
Nas areias brancas do Tempo
Beira do Itapecuru Cantar      
Zé Batista,Chico Timbira,Gustavo,Robson, Sidão,Abercio,Walterly,Cícero  Sanfoneiro
Zé Carlos Araújo
E outros tantos mais
Teus Filhos-Poetas

Santarém....
Uma saudade vem
Vestida de Planeta - Terra
Areia nos olhos de quem viu
De quem linda ainda te vê
Nossos amigos indios cuidavam melhor...!

Melhor, Melhoral
Fontol, cibalena, Anador
Iracema...
A virgem dos lábios de mel...
Babaçu palmeira
Nosso melhor troféu!?...
Timbiras...
Trem- Bala...
Foguete espacial

Abelha, abelhinha
Salve melhor Rainha...
Quem é da minha Terrinha??
................
Flores,Juçara
Sardinha...
Nunca esquece jamais!!!

Se vai....,
Um dia
Sempre volta
A saudade

Eu nunca fui,
Mas sempre voltei
Entrei mata a dentro
Veredas nos  olhos
Morro do Capitão
Menina- índia sapeca
Ser( tão ) ver?( edas)...
Tupininquins-Tupinanpaz

O roçado de minhas letras
Som Sonrisal
Crônicas- poemas milharal
Onde espantalhos políticos
Tentam pousar
E defectar de manha
Logo cedinho

(Outros carnavais... )

Mas ...Timbiras..é minha
É tua,,  É nossa sensenhor!!
Cinco de abril é meu...
1920....22...
Em Busca do Tempo Perdido
Semana de Arte Moderna,
Entre dentes indígenas
Desbravando matagais
Darcy Ribeiro
Ribeirinhos
Tudo a ver...Tim Tim Timbiras
Luis Gonzaga também passou por aqui
Canoa de trem,cachimbo da paz
Tanto queima como faz...

Igreja...
Igreja Matriz
Eu só queria ser Feliz...
Relógio da praça...
Triste e parado 
Pardais defecando nos meus sonhos de criança
Fantasmas no meu ninho?
Desfarcardos jardins suspensos no ar
Querubins? Serafins?
Anjos caídos
Tentando endireitar a terra?
A Oca -morta
Outra - Toca?- Terra- oca? ..... Terráqueos...

E quando o segundo sol chegar
Alinhando a órbita dos outros  cometas ?

Timbiras, tindireita...(esquerda- torta de sardinha)
Olho por olho,
E o mundo acabará cego...

Hah mas eu quero é te cantar...
Quer chova
Quer faça brasa- sol
Vamos todos......Tim...Tim 
Timbirar...

Timbiranos
Timbirenses
Vamos sempre te Amar!!
Timbiras,
Meu Timbirar..........
       Osmael (pequenas crônicas )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages